Quinta Slow – 02 de Junho

É mês de festas Juninas, que pedem muito milho em suas receitas, e a proposta das Slow Chefs da Vez Darlana Godoi e Kátia Gonzaga é homenagear estas festas e este alimento tão tradicional do nosso Cerrado.

Vamos também conhecer mais um parceiro em nossa busca por uma alimentação boa, limpa e justa: nesta Quinta Slow as verduras e legumes serão fornecidos pela Chácara Colina e o pessoal estará lá para nos contar mais sobre o trabalho que desenvolvem.

O cardápio será:

Entrada: Cuscuz com legumes e shitaki.

Prato Principal: Chica Doida:  “Esta receita, uma das mais antigas e deliciosas da cozinha de Goiás, tem origem no século XIX.  Segundo a tradição oral, foi criada por uma cozinheira chamada Chica, na cidade histórica de Pirenópolis, monumento nacional, a 128 quilômetros de Goiânia.” É um prato feito com massa de milho, queijo e linguiça, uma pamonha de panela.

Opção Vegetariana: Chica Doida sem linguiça com muito queijo.

Sobremesa: Doce de abóbora e mamão

leia mais

Mais um Alimento do Cerrado na Arca do Gosto

mai 24, 11 Mais um Alimento do Cerrado na Arca do Gosto

A Arca do Gosto é um catálogo mundial dos produtos agroalimentares de qualidade que estão em risco de desaparecer realizado pela Fundação Slow Food para a Biodiversidade. Para ser incluído na Arca, o alimento precisa ter qualidades gastronômicas, ligação com a área geográfica local, ser produzido artesanalmente e de forma sustentável e estar em risco de desaparecimento. Através do trabalho de investigação de especialistas internacionais, esta embarcação simbólica recolhe mais de 947 produtos em 58 países (dados atualizados em dezembro de 2010). A Arca do Gosto conta hoje com 24 alimentos brasileiros, três dos quais entraram recentemente na embarcação: Maracujá da Caatinga, Piracuí e o nosso Jatobá.

leia mais

A Quinta Slow de Maio

Texto de Maria Cristina Vannucchi Leme/ Fotos: Cida Viana

No dia 05 de maio tivemos mais uma edição do Quinta Slow. Estava tudo delicioso: da comida à acolhida. A inovação foi que, como a proposta era fazer uma homenagem às mães, a comida foi servida em grandes travessas, tudo ao mesmo tempo, como normalmente acontece nas casas brasileiras.

A “nonna” Heloisa e a filha Tereza se revezavam fazendo os pratos, como fazem as mães diante da família reunida. Nós, “os comensais”, também servíamos uns aos outros.

O tambaqui recheado com farofa de jambu foi a sensação da noite! Ao que parece, a maioria de nós não conhecia a iguaria. Para fechar, a menina Sara serviu orgulhosa a sobremesa: dois baitas bolos de cupuaçu e castanha, um para cada mesa coletiva.

A fotógrafa da vez foi a Cida Viana, que relampeou sua máquina durante todo o jantar, e para as próximas edições já temos candidatas apalavradas.

Get the flash player here: http://www.adobe.com/flashplayer

leia mais

Quinta Slow – 05 de Maio

Em maio faremos uma homenagem às Mães, e as Slow Chefs da Vez serão Mãe – a Heloísa,  Filha – a Tereza, e Neta – a Sara, de 9 anos. Elas são da Amazônia, e vão preparar:

Entrada: Salada de folhas

Prato Principal: Tambaqui assado recheado com farofa de jambú

Opção Vegetariana: Legumes à casaca

Sobremesa: Torta recheada com doce de cupuaçu e coberta com castanhas do Brasil

  • Quando: 05 de maio (primeira quinta-feira do mês), às 20h30. Cantaremos parabéns para as Mães.
  • Quanto: R$28,00 por pessoa (bebidas não incluídas).
  • Onde: no Restaurante Panelinha, que fica no final da Asa Norte: SHCN CL 316, Bloco E, Loja 20, telefone (61) 3041-5070.

Lugares limitados, participação somente com reservas pelo telefone (61) 3041-5070.

As reservas são de lugares, em mesas coletivas. O jantar é servido para o grupo todo ao mesmo tempo, para propiciar a convivência.

A Quinta Slow é o encontro mensal dos associados e simpatizantes do Slow Food Cerrado. É aberta a todos que desejem participar de nossas atividades e discussões, mediante reserva antecipada, e acontece toda primeira quinta-feira de cada mês no Restaurante Panelinha.

Participe e apóie na divulgação.

leia mais